Prazo para cumprimento de todas condições para integrar programas sociais do Governo

Consulta pelo cartão

O único requisito é possuir o cartão e se dirigir a qualquer Caixa Econômica Federal ou Casas Lotéricas, sendo possível realizar a consulta Bolsa Família do saldo detalhado, o valor disponível, a data de recebimento do último benefício recebido e do próximo pagamento.

Consulta pela conta corrente

Se possuir uma conta corrente da Caixa Econômica Federal, basta acessar sua conta normalmente com os dados do cartão para saber o saldo, já que é possível vincular com sua conta.

Consulta pela internet

Esta opção serve para quem tem ou não, conta na Caixa, no site é possível acessar uma página exclusiva referente ao Bolsa Família, contendo todas informações do benefício como as citadas previamente.

Consulta por Aplicativo

O programa possui seu próprio aplicativo para facilitar a vida dos beneficiários. Esse aplicativo pode ser encontrado nas lojas de aplicativos presentes nos sistemas de qualquer smartphone.

Quando instalar o aplicativo, preencha como pedido todas as informações, utilizando seus dados pessoais, assim será possível acessar o calendário de pagamento atualizado, a data do próximo benefício, a data do recebimento e se informar sobre agências próximas.

Acessando regularmente o aplicativo, você não irá se perder nas datas, e ficará sempre atualizado sobre as mudanças.

Tirar extrato

Quando for necessário consultar o extrato do benefício, se dirija a um caixa eletrônico ou a uma casa lotérica da Caixa com seu cartão e senha em mãos, assim que for solicitado seu extrato irá aparecer, contendo as seguintes informações:

  • Saldo da conta;
  • Valor dos últimos benefícios;
  • Valor do próximo benefício;
  • Data de recebimento.

É muito importante sempre manter o cadastro atualizado, para que não haja incongruências durante nenhum processo.

Aumento da Bolsa

A taxa de aumento do Programa Bolsa Família 2020 foi de 9%, com isso a média paga subiu de R$ 162,07 por família para R$ 182,31. Os valores atualizados referentes aos benefícios variáveis já foram citados acima.

Quem tem o direito

Para participar do programa é obrigatório que a família pertença as categorias de pobreza ou extrema pobreza, com rendas mensais de em até R$150,00 e até R$85,00, respectivamente.

Se cumprido os requisitos a família ficará sujeita a uma avaliação da prefeitura local que depois passa para o Ministério do Desenvolvimento Social. Caso seja aprovada a família irá começar a receber o auxílio mensal de acordo com requisitos cumpridos.

É de suma importância manter o cadastro atualizado, pois quaisquer discrepâncias podem ocasionar o cancelamento do benefício. Caso haja alguma irregularidade por parte do Ministério do Desenvolvimento Social, é aconselhado entrar em contato para resolver o quanto antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *